K1 – Zé Perez espanta má fase e consegue 2ª vitória na temporada

Foto: Fabio Cruz
Zé Perez espanta má fase e consegue 2ª vitória na temporada

Como de costume a 2ª bateria, devido às inversões no grid, proporciona uma corrida mais movimentada e eletrizante.

Logo no início houve um incidente envolvendo Kléber Maldonado e Guilherme De La Rosa, que o fez rodar e cair para a penúltima posição. O mesmo teve que “remar” bastante para retomar algumas posições e terminar em 10º.

Perez já foi pra cima do até então líder Landi e aplicou-lhe uma espetacular ultrapassagem, assumindo assim a ponta. Pizzonia, com um carro aparentemente veloz, também não tomou conhecimento de Landi e foi no vácuo de Perez para assumir a segunda posição. Aproveitou o bom momento e em seguida fez uma bela ultrapassagem em Perez, que por sua vez não deu descanso mantendo-se a 1 palmo de distância de Pizzonia, forçando-lhe ao erro. Os dois trocaram de posições por duas vezes, mas desta vez Perez levou a melhor e assumiu a ponta de vez para não mais largar.

Pizzonia não desistiu um segundo sequer, mesmo tendo um pelotão de peso atrás de si, como Bussi, Prost, Landi, Verstappen e Sainz. Creio que o pensamento de Pizzonia deveria ser: “…se eu não atacar, esses caras vão passar por cima de mim”. Quer motivação melhor?? Fez, sem dúvida, uma corrida primorosa, conseguindo uma medalha de segundo lugar com um leve tom dourado.

Destaque para Sainz que largara em 9º e vinha forte buscando fazer uma corrida melhor e com um pouco mais de sorte que a primeira. Apesar da vida difícil de segurar esse pelotão com faca nos dentes anteriormente citado, onde praticamente rodavam dentro do mesmo décimo de segundo, seu esforço foi premiado chegando na 3ª posição.

Prost, num dia inspirado, fez uma ótima corrida ultrapassando 8 pilotos e terminando em 5º lugar, mantendo-se mais do que nunca firme na briga pelo título com 10 pontos à frente de Bussi; diga-se de passagem outro piloto que simplesmente foi o recordista de ultrapassagens nesta bateria… Nada menos que 12 pilotos foram deixados para trás pelo também postulante ao campeonato, Bussinelo, que por sua vez colocou 15 pontos no vencedor da bateria Perez, piloto este na atual 4ª posição no Campeonato, mas com chances matemáticas também de brigar pelo título.

Foto: Fabio Cruz
Pódio 10ª etapa – K1

– por Erikson De Angelis | jornalista KSN